Busca

 
 

Fundada em maio de 1953, a Universidade Católica de Petrópolis foi a primeira instituição de ensino superior instalada na cidade de Petrópolis. E em 1977, a UCP passa a oferecer, sob organização do Prof. Hanns Ludwig Lippmann, o curso de graduação Psicologia. Em 2006, A Universidade Católica de Petrópolis, em seu Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), estabeleceu como uma prioridade institucional a sua ampliação e consolidação como Universidade por meio da criação de novos cursos de pós-graduação stricto sensu.

A partir daí, a Universidade Católica de Petrópolis, por meio do compromisso de seus professores doutores e da direção do Centro de Ciências Saúde, desenvolveu o seu projeto institucional para a criação do Programa de Pós-graduação stricto sensu em Psicologia com área de concentração única em “COGNIÇÃO SOCIAL”. Nesta área de concentração, a cognição social é entendida como abordagem de pesquisa, relacionada à investigação de temas dos diversos campos, básicos e aplicados da psicologia. Teoricamente, integram a cognição social processos, conteúdos e estados psicológicos, que produzem, processam, conservam e recuperam informações decorrentes da experiência pessoal, em face de objetos sociais. As representações mentais assim obtidas influenciam ações humanas, realizadas em quaisquer contextos socioculturais, sob as mais distintas condições de interação social. O destaque concedido à cognição social decorre de uma tomada de decisão quanto ao objeto principal de pesquisa.